A Meca da Ginástica

Com o apoximar do terminos da época, surgem os primeiros sentimentos em relação aquilo que se fez e ao que não se fez, abrindo-se a porta a discussão de tudo o que foi feito e deverá ser feito de futuro.

Contudo gostaria de vos dizer que em plena comemoração dos santos populares " S.Pedro ", a Tuna fez-se deslocar ao Cadaval e a Queluz,para mais uma vez levarmos a ginástica que praticamos a outros locais e públicos. No primeiro caso foi o esquema " circo de soleil ", que para nós Técnicos ficou aquem das espectativas, mas que causou boa impreesão ao público que assistia em numero apreciável e que no fim nos brindaramcom um belo repasto.

Depois de um breve descanço, rumamos a Queluz para participamos com o esquema " Fado ", trabalho com dois anos, mas que teima em continuar com falhas que ninguém percebe, sendo um local mítico para a ginástica e com um público conhecedor da modalidade, a classe não consegue a concentração necessária para fazer aquilo que sabe, valeu de certa maneira a postura comparativa com outros participantes e mas mais uma vez a Tuna conseguio quebrar o ambiente até ai existente e a pesar das falhas agradou ao público que assistia .

Por fim gostaria de vos dizer que foi naquele " palco " que apareceu o 1ª Praticavél em virtude da realizacão das primeiras Gimnasintra, Fesival este que teve origem numa parceria entre a Tuna e C.M.Sintra e como ginásta é com alguma tristeza que encontrei aquele local outrora uma " Meca para a ginástica ", hoje...

enfim a Ginástica sobrevive...e ALBI é já a seguir...

Ca-Bé

Comentários

Ricardo disse…
obrigado Cabé, por cansaço, falta de tempo e desilusão não tive oportunidade de fazer crónica.