Noite de São Pedro na Tuna

Foto: Isabel Carvalho

Este texto está prometido há alguns dias. Primeiro foi a ressaca do arraial, depois foi uma semana demasiado intensa que me impossibilitaram de vir aqui deixar as minhas considerações a propósito do Arraial de S. Pedro, que teve lugar no passado dia 25.

Mas nestas coisas, como noutras, mais vale tarde de que cair em esquecimento. O balanço está feito e é positivo. E não me refiro ao aspecto meramente mercantilista. Se essa parte é importante – e é também para isso que pomos em pé eventos como este – considero que houve outros aspectos mais importantes, que só têm de nos encher de orgulho e satisfação.

Com a realização de mais este evento ficou demonstrado que a “máquina” começa a ficar oleada – há ainda aspectos a rever e erros a evitar, mas o nosso objectivo é melhorar a cada organização e transformar cada uma num evento cada vez mais concorrido – mas o mais importante foi observar o empenho de todos os que participaram na organização do Arraial que souberam coordenar-se, sem atropelos, para que o resultado final fosse o melhor, seja no bar, nos assadores, à porta ou na sala.

Vi um grupo de pessoas a trabalhar com gosto e alegria, apesar do cansaço, disponível e generoso na forma como participou. A todos deixo os parabéns de missão bem cumprida.

Foi muito por culpa deste empenho que a TOS voltou a encher-se de pessoas – marcaram presença mais de cem –, muitas delas num primeiro contacto. Soubemos entregar um bom cartão de visita da TUNA, deixando a vontade de voltar. Agora que a ressaca do evento já lá vai, fico ansiosamente a aguardar pelo próximo. Até breve!

Um forte abraço
Hélder Ramalho

Comentários

Ricardo disse…
Bem escrito Hélder. Realmente o arraial foi um sucesso. Parabéns a todos os que estiveram na organização.